Loading...

... arte bioconcreta outraciclagem de lixo antropofagia industrial alienígena inclusão robótica social música poesia coleções arquivos brinquedo de criança pobre...

28 de novembro de 2007

Cinocéfalo Cassaro - Cassaro Cephaloncine



Cinocéfalo Cassaro

Cinema aos vivos. Cinecino.
Viver é em streamming um ato criativo.
Além do objeto, o próprio tempo da arte está em estado crítico: simultaneidade e heterotopia. Em sua casa (espaço privado), o artista trabalha; a um oceano Atlântico de distância (espaço público), a platéia assiste.
Cachorro-Caligari no espaço-tempo hiper-não euclidiano.
O Cinocéfalo dentro-fora nunca foi domesticado. Web-cão faz que interage, mas o adestrador tem sobre ele um direito sonâmbulo.
Ele é um pouco como o coiote de Beuys em contexto global.
Em seu quarto, em Copacabana, by appointment, diante da web-cam, torna mítico o tempo real.

Fernando Gerheim


Cassaro Cephaloncine

Cinema to the living. Cinecino.
To live is streamming a creative act.
Beyond the object, the art’s own time is in a critical state: simultaneity and heterotopia. In his house (private space), the artist works; of the Atlantic ocean distance (public space), the viewers watch.
Caligari-Dog in the hyper-no euclidean space-time.
The in-out Cephaloncine was never domesticated. Web-dog pretend interaction, but the trainers have over him a sleepwalking right.
He is a bit like the Beuys’s coyote in global context.
In his Copacabana’s room, by appointment, in front of the web-cam, he makes the real time mythical.


translated by Fernando Gerheim

Cinocéfalo Cassaro

Cine para los vivos. Cinecino.
Vivir en el streaming es un acto creativo.
Más allá del objeto, el tiempo mismo del arte está en un estado crítico: simultaneidad y heterotopía. En su casa (espacio privado), el artista trabaja. A un Océano Atlántico de distancia (espacio público), el público mira.
Cachorro-Caligari en un espacio-tiempo hiper no euclidiano.
El Cinocéfalo dentro-fuera no ha sido jamás domesticado. Web-dog hace como si interactuara, pero su domador posee un derecho sonámbulo sobre él.
Es un poco como el coyote de Beuys en un contexto global.
En su habitación de Copacabana, previa cita, delante de la web-cam, convierte el tiempo real en mítico.


Fernando Gerheim